Notícias

Nota Pública da Direção da Fenametro sobre Coronavírus nos Metrôs

19.03.20 Destaques, Notícias

Posição da Direção da Fenametro sobre Coronavírus
Nossas Vidas Valem Mais que o Capital

     A direção da Fenametro discutiu a situação dos trabalhadores Metroferroviários e usuários do sistema. Vale ressaltar que não pensamos igual ao Presidente Bolsonaro, que afirma que é só uma histeria ou mesmo que é igual uma gravidez onde daqui a pouco nasce e se resolve.
Estamos em uma situação de pandemia onde no mundo já morreram quase 10 mil pessoas e, no Brasil já são 7 o número de mortos.
Nesse sentido exigimos que devido a gravidade do problema, que o Governo Federal e Estaduais suspendam gradativamente as atividades não essenciais e que mantenham o serviços indispensáveis para atendimento emergencial da população.

Abaixo a nossa posição na integra:

     Diante do anúncio de pandemia (disseminação mundial) do novo coronavírus feito pela OMS (Organização Mundial de Saúde) e a orientação governos sejam rápidos em tomar medidas de contenção e prevenção do vírus. Considerando que as empresas metroferroviarias são locais de grande concentração e circulação de pessoas, a Fenametro (Federação Nacional dos Metroviários) encaminha as

Veja também  Reforma da Previdência aprovada na Comissão Especial da Câmara mantém ataque aos trabalhadores

1 – Orienta os sindicatos filiados a exigir das empresas medidas de proteção aos trabalhadores e passageiros. Os sindicatos devem debater com as suas bases sobre a necessidade de paralisar suas atividades, caso as empresas não tomem ações para proteger seus trabalhadores e passageiros.

2 – Os governos estaduais devem reconhecer a gravidade do problema e adotar imediatamente os protocolos de saúde e devem cumprir as medidas assistenciais e de proteção necessárias, que suspendam gradativame serviços e atividades não essenciais e mantenham em funcionamento somente os serviços indispensáveis para o atendimento emergencial da população, até que a pandemia seja controlada;

3 – Pede às Centrais Sindicais que aumentem a pressão sobre o gove federal e os governos estaduais para tomarem medidas urgentes de contenção e prevenção do vírus.

Fenametro (Federação Nacional dos Metroviários) 16 de março de 2020.