Notícias

Gestão da Fenametro se encerra em ano de muitas lutas

15.08.17 Geral, Notícias Tags:,

A gestão 2014-2017 da Fenametro se encerra em um ano de muitas lutas da população e dos metroferroviários. Estivemos fortes na resistência às privatizações, ao governo Temer e suas reformas, além de estarmos presentes nas manifestações e greves.

No início de março estivemos presentes nos atos do Dia Internacional de Luta das Mulheres, exigindo o fim da violência contra a mulher e dizendo não à Reforma da Previdência. Neste mesmo mês nos somamos ao chamado das Centrais Sindicais para construção de uma greve geral, participando de grandes manifestações em todo país e de diversas paralisações no dia 15 e 31.

Em abril, fomos força fundamental da maior Greve Geral da história do Brasil, em que 40 milhões de trabalhadores estiveram em greve e ocuparam as ruas do país denunciando as Reformas trabalhista e da previdência e exigindo o Fora Temer.

No mês de maio fizemos parte de uma Ocupação de Brasília com mais de 200 mil trabalhadores, em que resistimos bravamente à violência policial do governo Temer. Construímos em junho mais uma greve geral, em que parte dos metrôs e trens do país também paralisaram.

Veja também  Fenametro repudia ação da PM e defende o direito de manifestação

Continuaremos na luta, que será difícil mas muito necessária. Ainda há outra grande Reforma para derrotarmos, a da Previdência, que avançará ainda mais na retirada de direitos. Não podemos aceitar estes retrocessos, e precisamos ocupar as ruas, denunciar estas medidas e realizar novas greves. Os metroferroviários de todo Brasil continuarão na luta para barrar estas reformas e exigir o Fora Temer!

Confira um pouco da nossa atuação: