Notícias

Todo apoio aos metroviários argentinos! Não à repressão!

22.05.18 Internacional, Notícias Tags:,

Metroviários argentinos sofreram nesta terça-feira, 22, repressão policial ao realizarem uma paralisação do metrô. Os trabalhadores foram reprimidos em seu local de trabalho, na Linha H do metrô de Buenos Aires, e 16 deles foram presos.

A categoria está em luta por reajuste salarial, e rechaça a proposta acordada pelo governo e a empresa com um sindicato minoritário.

A Metrovías, empresa privada que administra o metrô, suspendeu 114 trabalhadores pelas paralisações e ações do plano de lutas nas últimas semanas.

Veja também  Seminário: Desagravo ao Direito de Greve

A categoria também luta contra o aumento da tarifa do metrô, barrada neste momento, mas que é a proposta do governo Macri, o “tarifaço”, um aumento geral do preço dos serviços básicos.

A Fenametro é solidária aos metroviários e repudia a repressão policial. Pelo direito de organização sindical! Pelo direito de greve! Contra o aumento da tarifa!