Notícias

Bolsonaro quer o fim da Justiça do Trabalho

10.01.19 Geral, Notícias

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) declarou em entrevista concedida ao canal SBT que há uma proposta em estudo para extinguir a Justiça do Trabalho.

A perseguição aos trabalhadores e aos direitos trabalhistas já era anunciada na campanha de Bolsonaro, quando propos a criação de uma carteira de trabalho “verde e amarela”, sem direitos, e já anunciava futuros ataques a Justiça do Trabalho.

A situação dos trabalhadores está mais fragilizada desde a aprovação da Reforma Trabalhista, no governo Temer, onde direitos foram retirados, a terceirização ampliada, e o acesso a Justiça dificultado.

Veja também  Mais caro do país, MetrôRio terá novo aumento de tarifa

Um dos primeiros ataques de Bolsonaro foi ao acabar com o Ministério do Trabalho, que teve suas funções destinadas a outras pastas.

Movimentos sociais, intelectuais, Centrais Sindicais e Sindicatos condenaram as medidas de Bolsonaro e prometem mobilizações.

A Fenametro segue em defesa dos direitos dos trabalhadores e condena estas medidas.