Notícias

Marielle, presente! Queremos respostas!

14.03.19 Destaques, Geral, Notícias

Neste dia 14 de março se completa um ano do assassinato de Marielle Franco e Anderson Gomes e ainda há muitas perguntas sem respostas. Até o momento, foram presos 2 suspeitos do assassinato, mas não há nenhuma pista sobre quem seriam os mandantes do crime.

Marielle era vereadora do Partido Socialismo e Liberdade(PSOL) e foi assassinada, junto ao motorista que a acompanhava, Anderson Gomes no dia 14 de março de 2018.

Mulher negra, militante da Maré e defensora dos direitos humanos, Marielle cumpria seu primeiro mandato como vereadora, sendo a 5ª mais votada da cidade, e denunciava a violência policial no Rio de Janeiro.

Veja também  Salvador sai na frente de BH e garante ampliação do metrô

A demora na divulgação de informações sobre o caso, e as denúncias de envolvimento de policiais que tentavam obstruir as investigações foram denunciadas internacionalmente, e diversas entidades e movimentos sociais fizeram pressão para que os culpados fossem encontrados e responsabilizados.

Seguimos perguntando: quem mandou matar Marielle e Anderson?

Estaremos hoje nas ruas de todo país pela memória e por justiça para Marielle e Anderson. Chamamos toda categoria metroferroviária para se juntar nesta luta.