Notícias

Metroviários de todo país estarão em greve nesta sexta-feira, 14

13.06.19 Geral, Notícias Tags:,

O Brasil irá parar nesta greve geral. Metrôs e trens de todo Brasil não circularão nesta sexta-feira, 14. A categoria metroferroviária aderiu em peso a Greve Geral e se somará a diversas categorias como bancários, servidores públicos, metalúrgicos, trabalhadores da saúde, educação, condutores e estudantes para derrotar a Reforma da Previdência.

Os metrôs de Porto Alegre, São Paulo, Belo Horizonte, Salvador, Recife, Maceió, João Pessoa, Natal, Brasília e Teresina estarão paralisados nesta sexta. No Rio de Janeiro os metroviários da MetrôRio farão uma assembleia às 18h para deliberar sobre a paralisação, na RioTrilhos a categoria já aderiu a greve.

Em 2017, metroferroviários de todo país paralisaram suas atividades e se juntaram aos 40 milhões de trabalhadores que derrotaram a Reforma de Temer. Neste ano, não será diferente.

Entre as principais medidas da Reforma está a imposição de uma idade mínima para aposentadoria, 65 anos para homens e 62 anos para mulheres – que poderá aumentar de acordo com o crescimento da expectativa de vida -, a contribuição de 40 anos para recebimento de aposentadoria integral e introdução do sistema de capitalização, em que bancos irão gerir as contribuições individuais feitas pelos trabalhadores.

Veja também  Fora Temer! Vamos ocupar as ruas e derrotar este governo!

Com essas mudanças, uma grande parcela da população morrerá trabalhando ou se aposentará com um salário miserável.

Acreditamos que não há outra saída que não seja a derrota da Reforma, já que sua totalidade é um ataque aos direitos dos trabalhadores.

A luta dos metroviários também é contra as privatizações, que ameaçam a qualidade do serviço metroferroviário com altas tarifas e redução de funcionários.

Rumo a greve geral!