Notícias

5 motivos para não votar em Bolsonaro

18.10.18 Destaques, Geral, Notícias

São inúmeros os motivos para não votar no candidato Jair Bolsonaro (PSL), conheça alguns deles:

1) Ele apoia a tortura e a Ditadura

Bolsonaro já concedeu ao longo de sua carreira política inúmeras entrevistas e declarações públicas dizendo que apoia a tortura e a ditadura, e que “o erro da ditadura brasileira foi torturar e não matar”.

Defender a tortura e a ditadura é algo inaceitável, fere direitos humanos fundamentais e convenções internacionais das quais o Brasil é signatário.

2) Ele propõe retirar direitos trabalhistas

Em seu programa de governo, Bolsonaro defende a criação de uma nova carteira de trabalho, “verde e amarela”, com menos direitos trabalhistas, onde o contrato individual prevalece sobre a CLT.

Além de ter votado a favor da absurda Reforma Trabalhista de Temer, Bolsonaro quer retirar ainda mais direitos dos trabalhadores.

3) Ele quer acabar com a aposentadoria

Se com governo Temer já estava difícil se aposentar, com Bolsonaro a situação pode piorar.

Em seu programa de governo, Bolsonaro propõe a criação de um novo modelo, onde o trabalhador poderá optar por um fundo de capitalização, ao invés do atual sistema de aposentadoria.

Veja também  Sindicatos da base da CBTU já se preparam para a Campanha Salarial/2014

A proposta irá na verdade dar mais dinheiro aos bancos, deixando as instituições privadas o controle da aposentadoria.

4) Ele quer privatizar todas as empresas públicas

Bolsonaro e seu guru econômico, Paulo Guedes, já declararam que irão privatizar empresas públicas, vender propriedades e terrenos da união, e realizar concessões a empresas privadas.

A privatização não traz nenhum benefício para população, só precariza o serviço, aumenta o valor das tarifas, traz demissões e amplia os contratos de trabalho com menos direitos, como os terceirizados, além de contribuir para corrupção.

5) Ele apoia o machismo, o racismo e a homofobia

Há uma infinidade de declarações em vídeo, texto, e publicações nas redes sociais em que Bolsonaro ofende e ataca mulheres, negros e LGBTs.

Bolsonaro já disse que uma mulher “não merecia ser estuprada pois era feia”, que seu filho “não se casaria com uma negra pois tinha boa educação”, e que é sim, homofóbico.

Não há como aceitar um candidato que promove o preconceito, ódio e a intolerância.