Notícias

Bolsonaro segue em defesa de torturadores da ditadura

08.08.19 Destaques, Geral, Notícias

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) segue proferindo absurdos sobre a ditadura militar brasileira. Na última semana, Bolsonaro atacou a memória e luta de Fernando Santa Cruz, militante assassinado pela ditadura militar, e nesta quinta-feira, 8, afirmou que o Coronel Brilhante Ustra, reconhecido torturador, é um “herói nacional”.

A Fenametro vem repudiar as declarações de Bolsonaro e todos aqueles que negam e defendem a ditadura. É mais que urgente fazer uma defesa dos direitos e liberdades democráticas e relembrar o que foi a ditadura.

A ditadura foi um período de repressão, censura, sequestro, prisão arbitrária, desaparecimento, tortura e assassinato de milhares de mulheres, homens e crianças.

Seguimos em defesa da memória, verdade, justiça e reparação.

Ditadura nunca mais!