Notícias

Fenametro convoca categoria para construção da greve geral do dia 14 de junho

02.05.19 Geral, Notícias

As Centrais Sindicais convocaram neste dia 1º de maio, Dia dos Trabalhadores e Trabalhadoras, uma greve geral contra a Reforma da Previdência no dia 14 de junho.

A Fenametro atende ao chamado das Centrais, e irá mobilizar a categoria metroferroviária para construir a greve geral e derrotar esta Reforma.

Em 2017, metroferroviários de todo país paralisaram suas atividades e se juntaram aos 40 milhões de trabalhadores que derrotaram a Reforma de Temer. Neste ano, não faremos diferente.

Entre as principais medidas da Reforma está a imposição de uma idade mínima para aposentadoria, 65 anos para homens e 62 anos para mulheres – que poderá aumentar de acordo com o crescimento da expectativa de vida -, a contribuição de 40 anos para recebimento de aposentadoria integral e introdução do sistema de capitalização, em que bancos irão gerir as contribuições individuais feitas pelos trabalhadores.

Veja também  Metroferroviários participam do "Dia do Basta"

Com essas mudanças, uma grande parcela da população morrerá trabalhando ou se aposentará com um salário miserável.

Acreditamos que não há outra saída que não seja a derrota completa da Reforma, já que sua totalidade é um ataque aos direitos dos trabalhadores.

Por isso, não há caminho para negociações no projeto da Reforma, como declarou o deputado Paulinho da Força e a UGT nesse primeiro de maio, temos que construir na base das categorias a greve geral.