Notícias

Ferroviários franceses fazem greve contra a reforma trabalhista de Macron

03.04.18 Destaques, Internacional, Notícias Tags:,

Começou nesta terça-feira, 3, uma greve dos ferroviários franceses contra a reforma trabalhista do presidente Emanuel Macron. A greve, chamada de intermitente, deve acontecer por três meses, com paralisações de dois dias a cada três dias.

De acordo com os ferroviários, a Reforma prevê mudanças nas funções dos ferroviários e retira direitos, além de abrir caminho para privatização da SNCF, companhia ferroviária estatal francesa.

Veja também  CIPAS do Metrô de São Paulo aprovam subcomissão de proteção e saúde das mulheres

Há outros trabalhadores em greve na França, dos setores de energia e aviação, como na AirFrance.

A Fenametro apóia e envia sua solidariedade aos trabalhadores franceses. Estamos, também no Brasil, em luta contra a retirada de direitos e a privatização.