Notícias

Ferroviários franceses fazem greve contra a reforma trabalhista de Macron

03.04.18 Internacional, Notícias Tags:,

Começou nesta terça-feira, 3, uma greve dos ferroviários franceses contra a reforma trabalhista do presidente Emanuel Macron. A greve, chamada de intermitente, deve acontecer por três meses, com paralisações de dois dias a cada três dias.

De acordo com os ferroviários, a Reforma prevê mudanças nas funções dos ferroviários e retira direitos, além de abrir caminho para privatização da SNCF, companhia ferroviária estatal francesa.

Veja também  Metroviários da CBTU deliberam greve

Há outros trabalhadores em greve na França, dos setores de energia e aviação, como na AirFrance.

A Fenametro apóia e envia sua solidariedade aos trabalhadores franceses. Estamos, também no Brasil, em luta contra a retirada de direitos e a privatização.