Notícias

Federação e Sindicato promovem Encontro Internacional

14.06.16 Internacional, Notícias Tags:, ,

A privatização dos transportes não está atingindo apenas o Brasil, mas todo o mundo. Para debater esta questão a Fenametro e o Sindicato dos Metroviários de São Paulo irão promover um Encontro Internacional de Trabalhadores e Trabalhadoras de Transportes contra Privatização.

A atividade será realizada entre os dias 1 e 3 de julho na sede do Sindicato e representantes de diversos países já estão confirmados. Para participar é necessário realizar inscrição.

Serviço:

Encontro Internacional de Trabalhadores e Trabalhadoras de Transportes contra Privatização
Data : 1 a 3 de julho
Local: Sindicato dos Metroviários de São Paulo
Inscrição: Até o dia 21 de junho
Hospedagem e alimentação: Hotel com quarto duplo (R$230) e alimentação na região

Programação:

Dia 1 de julho, sexta-feira

18h – Abertura com Centrais Sindicais nacionais e internacionais

Dia 2 de julho, sábado

9h – Painel sobre a luta contra a privatização no Brasil
10h30 – Painel sobre a luta contra a privatização nos Estados Unidos
12h – Almoço
13h30 – Painel sobre a luta contra a privatização na Europa
15h – Painel sobre a luta contra a privatização na America Latina
16h30 – Coffee break
17h –
Painel sobre a luta contra a privatização na África
18h30 – Fim dos trabalhos

Dia 3 de julho, domingo

9h – Painel sobre a luta contra a privatização nos Portos e Aeroportos
10h30 – Plenária final para discutir manifesto internacional contra as privatizações e pela solidariedade internacional entre os trabalhadores e trabalhadoras
14h – Encerramento

Orientações gerais

1) Inscrições: Cada delegado deve enviar seus dados (nome completo / documento de identidade ou passaporte / telefone / e-mail / organização local / central ou rede sindical nacional e internacional) para [email protected] até 21 de junho de 2016.

2) VISTO: Devido às Olimpíadas, o governo brasileiro está isentando de VISTO alguns países da Europa e Americas. Delegados estrangeiros devem contatar a embaixada brasileira em seus países para verificar a necessidade de VISTO. Se necessário o VISTO e, para este, o convite formal ao Encontro, entre em contato conosco o mais breve possível através de: [email protected]

3) Tradução: Haverá tradução simultânea para Inglês, Francês e Espanhol. Todos os delegados devem trazer um documento de identidade para a retirada de fones de ouvido que devem ser devolvidos a cada dia.

4) Hospedagem: Fizemos um contrato com o TRYP SÃO PAULO TATUAPE HOTEL (Rua Serra de Juréa, 351 – São Paulo) para atender a delegação internacional e os brasileiros que desejarem. Este hotel está localizado a poucas quadras do Sindicato dos Metroviários onde será realizado o Encontro. O preço do quarto duplo por dia incluindo café da manhã é de R$ 230 (cerca de US$ 65). Delegados estrangeiros estão isentos de pagamento até dois delegados por sindicato local. Todos os delegados brasileiros e estrangeiros que quiserem se hospedar devem confirmá-lo até o dia 21 de junho de 2016 através do email:[email protected]

Veja também  Campanha em defesa das empresas e bens públicos será lançada no Rio de Janeiro

5) Alimentação: O almoço estará disponível no próprio sindicato por R$ 20. O jantar será oferecido em restaurante próximo ao hotel ao custo de R$ 40 por pessoa. Os delegados estrangeiros não serão cobrados até dois por sindicato.

6) Translado: Os delegados estrangeiros devem informar seu vôo (companhia aérea, número do vôo, aeroporto, dia e horário de chegada e partida) através do e-mail [email protected] . Haverá uma visita ao Metrô de São Paulo na sexta-feira dia 1 de junho das 11h às 17h.

7) Vídeos e materiais impressos: Traga vídeos e materiais impressos sobre as lutas e os sindicatos em qualquer língua para distribuição de até 150 delegados. Informe-nos se quiser passar o vídeo durante o Encontro. Bandeiras dos sindicatos também são bem-vindas.

8) Painel: Os delegados estrangeiros são responsáveis por seus painéis que devem conter uma apresentação de 30-40 minutos seguidos de 30 minutos de debate e de 10-20 de considerações finais. Pede-se que a apresentação seja coordenada com os delegados de seu continente.

9) Plenária Final: uma proposta de manifesto contra a privatização e pela solidariedade internacional será apresentada a todos e todas delegados para discussão.

10) Outros Encontros: Dois encontros paralelos serão realizados no sindicato dos metroviários de São Paulo. A rede metro-ferroviária RAIL SANS FRONTIÈRES realizará seu encontro anual nos dias 4 e 5 de julho. Todos os interessados devem entrar em contato com o companheiro Christian Mahieux através do email: [email protected] . Os sindicatos de metroviários da Argentina, Brasil e Chile discutirão a formação de uma coordenadora sulamericana provavelmente no dia 3 de julho a tarde.

11) RESPEITO: Racismo, Machismo, Homofobia e Xenofobia são inaceitáveis no movimento sindical e social brasileiro. Respeite e não aceite qualquer forma de discriminação! Trabalhadores e trabalhadoras de todos os países, uni-vos! Viva a solidariedade internacional!