Notícias

O que queremos para o transporte no Brasil?

07.08.18 Geral, Notícias Tags:, ,

Neste mês de agosto começam as campanhas eleitorais, e a Fenametro, uma entidade nacional que luta por um transporte público, estatal e de qualidade, tem propostas a apresentar para o debate.

Nas Eleições de 2018, estarão em disputa os cargos de presidente e vice-presidente da República, governador e vice-governador de estado e do Distrito Federal, senador, deputado federal, estadual e distrital.

Neste ano, observamos um corte expressivo no orçamento do setor de transportes, resultado da PEC 55, aprovada no final de 2016 e que congela os investimentos públicos por 20 anos, cujos principais efeitos são sentidos especialmente nas áreas de saúde e educação.

A retirada de verbas do setor afetou alguns metrôs e ferrovias, e comprometendo sua manutenção e expansão, como pudemos observar na redução do orçamento da CBTU.

Por isso, exigimos a retirada da PEC 55, como medida fundamental para garantir o funcioanamento dos metrôs e ferrovias.

Veja também  Transporte público agora é direito social

Defendemos um aumento significativo do investimento público para que possamos ter uma expansão da malha metroferroviária, um transporte mais econômico, sustentável e de massas. Lutamos para que sejam paralisadas todas as privatizações.

Seguimos firmes na luta por mais direitos para os trabalhadores, e combatemos o pacote das reformas trabalhista e previdenciária, além do fim da terceirização. E queremos ainda mais! Mais contratações de funcionários para melhoria do serviço prestado à população.

Estamos há muitos anos na luta por 2% do PIB para os transportes, principalmente para o setor metroferroviário de passageiros.

Reivindicamos também tarifa social rumo a tarifa zero, para todos metrôs e trens.

Lutamos por nenhuma privatização! Nenhum dinheiro público para o sistema privado, fim das PPPs e da terceirização, e exigimos a reestatização de todos os metrôs, ferrovias e linhas privatizadas.