Notícias

Com Reforma Trabalhista, LATAM demite 1.300 funcionários para contratar terceirizados

28.08.18 Geral, Notícias Tags:, ,

A LATAM Airlines anunciou na última semana a demissão de cerca de 1.300 trabalhadores, que serão substituídos por funcionários terceirizados. A medida é uma consequência direta da Reforma Trabalhista e da nova Lei das Terceirizações.

A demissão afetará os funcionários do Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, com quase 1 mil demitidos, e do Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio de Janeiro, com cerca de 350.

As áreas atingidas pela medida são dos setores de rampa e limpeza, gestão de equipamentos de solo, e atendimento a clientes com bagagem perdida ou danificada. Uma prestadora de serviços chamada Orbital/WFS assumirá as áreas.

Veja também  Greve histórica dos metroviários de São Paulo completa 4 anos

A Fenametro demonstra sua solidariedade aos trabalhadores demitidos e reforça a denúncia dos Sindicatos dos Aeroviários, de que a terceirização significa precarização do trabalho e retirada de direitos.

A terceirização tem sido uma estratégia encontrada pelo mercado para ampliar seus lucros, sempre as custas dos trabalhadores, com contratos com menos direitos e salários rebaixados.

De acordo com pesquisa do Dieese, trabalhadores terceirizados tem até 3 vezes mais mortes no trabalho do que efetivos nos mesmos setores, como acontece no setor de Energia, e trabalham em média 3 horas a mais, recebendo 30% a menos.