Notícias

Em defesa dos trabalhadores e contra Bolsonaro e seu projeto

06.09.19 Geral, Notícias Tags:,

A Fenametro vem se reforçar sua posição de enfrentamento ao governo Bolsonaro (PSL) e se colocar contrária a sua política privatista, de retirada dos direitos dos trabalhadores, de ataques às mulheres, LGBTs, negras e negros, de aliança com os Estados Unidos e de defesa da ditadura militar.

O governo Bolsonaro tem promovido inúmeros ataques aos direitos dos trabalhadores, como a aprovação da Reforma da Previdência e a tentativa ainda maior de flexibilização das leis trabalhistas, que só ampliam o desemprego – existem hoje 12,6 milhões de desempregados no Brasil – a informalidade e a precarização do trabalho.

Bolsonaro segue atacando a educação, com a redução de verbas, ataques à autonomia das universidades e escolas e tentativas de privatização, com o projeto Future-se.

Veja também  Aumento das tarifas de metrô, trem e ônibus pode facilitar a privatização do transporte

No campo, vem apoiando os ruralistas e sua política de destruição do meio ambiente, utilização indiscriminada de agrotóxicos e ataques aos movimentos sociais, indígenas e ambientais, como vimos com as queimadas na Amazônia e o aumento da violência no campo.

O governo é ainda um grande aliado dos Estados Unidos, por suas relações com a extrema-direita internacional, que tenta romper com a soberania nacional, como o que ocorreu com a entrega da base de Alcântara.

Estamos ainda combatendo a política privatista de Bolsonaro, que quer privatizar CBTU, Trensurb além dos Correios, da Eletrobrás, e outras empresas públicas fundamentais.

Seguimos na luta contra este projeto! Em defesa da Amazônia e contra as queimadas.