Notícias

MG: ACORDO GARANTE AUMENTO REAL

18.06.13 Notícias

Em 14 de junho, os metroviários reunidos em Assembleia Geral aprovaram a proposta que prevê um reajuste de 0,91% sobre o salário nominal, mais abono no valor de R$ 260,00 incorporado aos salários.

Entre as propostas aprovadas ainda estão:

28 tickets alimentação com 7,4%, elevando o valor mensal para R$ 676,26;

Reajuste de 7,4% no valor do VPNI;

Reajuste de 7,4% no Plano de Saúde, com mínimo de R$ 139,12 e máximo de R$ 347,80;

Reajuste de 7,4% no Auxílio Materno-Infantil, no valor de R$ 95,58;

Reajuste de 7,4% no Auxílio Creche, no valor R$ 294,45;

Reajuste de 7,4% para o Apontador, no valor R$ 152,76;

Reajuste de 7,4% para Auxílio para dependente com necessidade especial, no valor de R$ 95,58;

Veja também  Direitos e lutas das mulheres são debatidos pela Fenametro

Pagamento de R$ 7,50 por hora/aula aos empregados que dão treinamento;

Licença amamentação de 01 (uma) hora para trabalhadoras com carga horária de 6 horas/dia, até a criança completar 18 meses.

A CBTU também se comprometeu a dar continuidade aos estudos para a Revisão do PES 2010, até a vigência do ACT 2013/2014, além da PLR (Plano de Lucros e Resultados) para discussão no próximo ano.

Ainda que a empresa tenha negado a continuidade das Horas Extras a 100% e o Adicional de Risco de Vida, os metroviários julgaram que o acordo firmado garante um aumento real de salário para a maioria dos trabalhadores da CBTU.

As negociações ainda continuam para acordar as demais cláusulas do Acordo Coletivo.

Fonte: Sindimetro-MG