Notícias

Na França, mobilização popular barra aumento de impostos

05.12.18 Internacional, Notícias

Os franceses estão há cerca de 1 mês protestando contra o aumento do imposto sobre o carbono nos combustíveis, que afetará especialmente o preço do diesel.

O movimento, identificado por manifestantes com coletes amarelos, começou com uma revolta contra o aumento do imposto e avançou para um movimento geral contra as medidas do presidente francês, Emmanuel Macron.

Os protestos são massivos, e manifestações em Paris chegaram a contar com 300 mil pessoas. Há por todo país bloqueios e piquetes, em especial nas rodovias e ruas de país. Houveram até o momento 4 mortes, centenas de feridos e presos – no último final de semana ocorreram mais de 400 prisões.

Veja também  Metroviários do DF suspendem greve

Com a ampliação do movimento e grande aprovação da população, Macron anunciou nesta terça-feria, 4, que irá suspender por seis meses o reajuste do imposto .

A Fenametro apoia a luta dos trabalhadores franceses e vem saudar a vitória da população. Só a luta muda a vida!