Notícias

Privatização do Metrô DF avança e Metrô de São Paulo entra na concorrência

24.07.19 Destaques, Distrito Federal, Notícias, São Paulo

A privatização do Metrô DF, que foi anunciada no início de maio, chega a uma nova etapa com a autorização para 11 empresas – nas quais se inclue a Companhia do Metropolitano de São Paulo, o Metrô SP – desenvolverem estudos para concessão da gestão, operação, manutenção e possível expansão do sistema.

A medida, prevista no edital de maio, é parte do processo privatização do Metrô DF, indicado para 2020.

A ação inaugura uma medida do governador de São Paulo, João Dória (PSDB), que em março deste ano sancionou uma lei que autorizava o Metrô a criar subsidiárias e participar do capital social de empresas privadas, o que significou a possibilidade do Metrô se associar a empresas privadas para execução, construção e operação metroviária.

Veja também  No 6º Congresso da Fenametro, metroviários de todo país relatam desafios enfrentados pela categoria

O projeto de Dória amplia a entrega do Metrô para o capital privado, inclusive da tecnologia que a empresa acumula há anos.

A Fenametro é contra esta política privatista, e defende um metrô público, estatal e de qualidade, e se coloca contra a privatização do Metrô DF e de São Paulo.