Notícias

Sérgio Cabral admite ter recebido propina para construção da Linha 4 do Metrô do Rio Janeiro

26.02.19 Notícias, Rio de Janeiro Tags:, ,

O ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, admitiu em depoimento ao Ministério Público Federal, que ele e seu ex-chefe da Casa Civil, Régis Fichtner, receberam proprina para construção da Linha 4 do Metrô carioca.

De acordo com Cabral, houve um acerto para definir o consórcio vencedor e “o valor da obra poderia ter sido menor se não houvesse combinação com as empresas”. Cabral ainda afirma que quase todas empresas pagaram propina e cita Odebrechet, Queiroz Galvão, Cowan e Carioca.

Veja também  Federação denuncia à ONU demissões arbitrárias de metroviários

Sérgio Cabral está preso e foi condenado há mais de 200 anos de prisão e afirmou receber propina para realização de outras obras como do Maracanã e do Porto do Açu.

A Fenametro e o Sindicato dos Metroviários do Rio de Janeiro denunciam há anos a privatização do Metrô do Rio e seu envolvimento com esquemas de corrupção, e reivindica sua imediata reestatização.