Notícias

SindMetrô/DF publica nota a imprensa esclarecendo motivos da greve.

22.04.21 Destaques, Notícias

176855104_2785936791656532_6058043838644221744_nOs metroviários do Distrito Federal estão em greve desde esta segunda-feira (19).  Porém, em mais uma demonstração de intransigência, o governador IBANÊS fez acusações infundadas contra a categoria metroviária.

Por esta razão, o SindMetrô/DF publicou uma nota à imprensa informando que a greve dos metroviários foi deflagrada pelos seguintes motivos:

– Corte do auxílio alimentação e corte de outros direitos;

– Negociações quebradas por parte do Metrô/DF que, não só interrompeu a mesa de negociação, como já fez o corte de direitos;

– O Metrô vem descumprindo decisões judiciais, a favor dos metroviários, desde 2019, onde vem prejudicando o financeiro da empresa preferindo pagar multas ao invés de cumprir as sentenças e decisões;

– Os metroviários buscaram várias formas de não entrar em greve. O sindicato tentou, inclusive, uma mediação, pelo Tribunal Regional do Trabalho, para que pudessem ter o acordo coletivo assinado, mas o Metrô se negou a negociar.

Veja também  Projeto de lei promove privatização e ataca organização dos trabalhadores

– O Metrô vem adotando medidas de retirada de direitos dos empregados, inclusive em suas propostas.

O Sindicato já tentou pedir que prorrogasse o que já pagam, por mais 30 dias, para que pudessem voltar a negociar, mas a empresa se negou.

Leia a nota na integra . NOTA A IMPRENSA 21-04-21 arquivo pdf

A FENAMETRO manifesta seu apoio incondicional a greve dos metroviários do Distrito Federal. Conclamamos à que todo movimento sindical e popular manifeste sua solidariedade a esta categoria que durante este ano esteve na linha frente do combate a pandemia transportando profissionais da saúde, segurança e limpeza pública, frentistas, trabalhadoras e trabalhadores de farmácias e supermercados e de outras atividades essenciais.