Notícias

No dia de luto e luta, metroviários de Porto Alegre param os trens por 1hora

20.04.21 Destaques, Notícias
176187366_2021440364662000_2134228536303526311_nPor uma hora, os metroviários de Porto Alegre deixaram as estações em silêncio para que sejam ouvidos: VACINA PARA TODOS!
Por uma hora, pararam o trem para que outros trabalhadores e suas famílias não sejam silenciadas pela dor de perder alguém querido para a Covid-19.
Os metroviários prestam um serviço essencial, mas não são tratados como prioridade por governos que desprezam os trabalhadores.
176180814_2021440371328666_7285491374133351742_nPor uma hora, pararam o trem para que a população escute a luta contra a privatização desse serviço, um plano de Bolsonaro que representará aumento de tarifas, desemprego e sucateamento para que empresas lucrem com o transporte.
Por uma hora, os metroviários pararam o trem para que conquistas importantes não sejam surrupiadas da categoria.
Por uma hora, o SINDiMETRORS sinalizou que utilizará todos os meios para proteger a saúde e os direitos dos metroviários.
176271759_2021440407995329_1399440594763925068_nPor uma hora, os metroviários receberam o apoio e a solidariedade de sindicalistas do SIMPA, SINDISAÚDE-RS, ASERGHC, ASSUFRGS, SINTECT e do DCE da UFRGS com a juventude do JUNTOS.
Por uma hora, o SindimetroRS refletiu que a unidade faz a força, que os metroviários são importantes para a sociedade, que um sindicato se faz pelas lutas que se dispõe a travar.
Por uma hora, os metroviários clamaram:
PROTEJA O TREM PÚBLICO!
Fonte : SindimetroRS
Fotos: Alass Derivas | Deriva Jornalismo
Veja também  Governo Bolsonaro anuncia mais privatizações