Notícias

SP: Mãos ao alto: R$ 3,20 é um assalto!

04.06.13 São Paulo

O governador Alckmin e o prefeito Haddad aumentaram as passagens. Desde ontem, as tarifas do metrô, trens e ônibus subiram para R$ 3,20. É  um verdadeiro assalto aos nossos bolsos! O reajuste está muito acima da inflação acumulada. Em 1995, a passagem do metrô custava R$ 0,80. Se fosse corrigida pela inflação do período, teria de ser hoje de R$ 1,97. Os usuários do metrô estão sendo lesados em R$ 1,23!

Já a tarifa do ônibus era de R$ 0,50 em 1994. Deveria custar R$ 1,71 hoje.  A prefeitura de São Paulo e as empresas de ônibus embolsam R$ 1,49 da passagem.

Veja também  Justiça bloqueia bens da Alstom e de conselheiro do TCE paulista

Mais uma vez, a população é prejudicada pelos governantes. As tarifas do transporte público deveriam e poderiam ser menores. 

Pela suspensão dos reajustes!

Os metroviários querem tarifas justas. Para isso, o Sindicato dos Metroviários promove uma petição  contra o aumento que será apresentada ao Ministério Público.

Também apoiamos o ATO PÚBLICO que será realizado no dia 6 de junho, às 17h, em frente ao Teatro Municipal contra o aumento.  

Acesse e assine AQUI a  PETIÇÃO PÚBLICA  contra o aumento das tarifas. Participe!

Fonte: Sindicato dos Metroviários de São Paulo.